segunda-feira, 14 de abril de 2008

4ª Parte - Infâncias destruídas

A FUGA DA MINHA TIA MARTA

A filha mais velha do meu avô materno, que se chamava Marta, era muito bonita e cheia de encantos. Um dia, ao passar por sua fazenda, um homem do Estado da Bahia viu Marta, caiu de amores por ela e pediu-a em casamento ao meu avô. Apesar dela, na altura, ter apenas 12 anos de idade, o meu avô aceitou o pedido de casamento sem pensar duas vezes, pois ele próprio tinha feito o mesmo com a minha avó.

É claro que a Marta ficou desesperada e fugiu na mesma noite com a ajuda de dois dos irmãos mais velhos para um local que distava alguns quilómetros de sua casa. Eles fizeram um buraco no chão coberto de palhas para ela se esconder e levavam-lhe, todas as noites, água e comida depois de meu avô ter adormecido, sempre acompanhados por um dos cães da fazenda que adorava a Marta.



Mas passados alguns dias, em busca da Marta, o meu avô Frederico, descobriu que o cão não saía de uma certa zona da mata. Então ao aproximar-se mais do local onde o cão se encontrava, e chamando-o, percebeu que o cão não queria ir ter com ele, como se estivesse dividido entre querendo ir ter com o seu dono e ficar a guardar algo.

Foi desta forma infeliz que a coitada da Marta foi descoberta pelo seu pai insensível e mau, porque o cão acabou por denunciar involuntariamente a localização do referido buraco.



No dia seguinte, a Marta foi entregue ao fazendeiro pretendente e casaram ali mesmo, na fazenda, antes de partirem em direcção ao Estado da Bahia. Parece inacreditável que os padres casassem crianças tão pequenas com homens tão mais velhos mas, na altura, a lei da bala falava mais alto e era o domínio ditatorial dos coronéis que imperava.



Como é hediondo que uma mulher seja tratada assim como uma escrava pelo seu próprio pai, sem a mínima consideração pelos sentimentos da sua filha, que é sangue do seu sangue, e que tanto deveria amar…

Longe de sua família, Marta teve 4 filhos, e vivia miseravelmente infeliz pelo destino que lhe havia sido atribuído sem apelo nem agravo.



Todavia, ainda muito jovem, apaixonou-se por um empregado de seu marido que trabalhava na fazenda onde viviam. Envolvidos numa forte paixão, resolveram fugir em direcção ao Estado do Paraná, para refazerem as suas vidas, e ela deixou para trás o seu marido e filhos.



No entanto, pela casualidade do destino, Marta, sem saber, foi morar no mesmo vilarejo que a família dos seus pais, que não via há mais de 30 anos. Com efeito, os seus pais também haviam mudado do Estado do Ceará para o Paraná, a mais de dois mil quilómetros de distância.

Com o passar dos anos o meu avô começou a gastar demasiado em jogos e bebedeiras com os amigos e, com a ajuda da desvalorização da moeda brasileira, perdeu quase tudo o que tinha. Quando veio do ceará para o Paraná deixou de ser patrão para ser empregado. Desde então nunca mais se ergueu na vida.

Quando a Marta regressou ao Paraná foi morar para uma rua acima daquela onde os seus pais estavam a morar, sem fazer a mínima ideia. Um certo dia, o seu segundo marido, fez amizade com um dos irmãos mais novos de Marta, tendo calhado em conversa que tinham regressado do Estado da Bahia e que a mulher dele se chamava Marta, tendo deixado os seus pais no Ceará, facto que muito chamou a atenção do seu irmão. Após ter contado aos seus pais, estes correram a procurar a mulher que poderia eventualmente ser a sua filha. O acontecimento foi dramaticamente marcante pela tremenda alegria de um reencontro efectuado após trinta anos de separação.



Nessa altura, o pai de Marta já estava muito velho e cansado e tinha as filhas todas casadas. Nesta fase, o seu feitio estava mais amansado e ele já valorizava mais a presença dos filhos. Por isso, foi com grande alegria que o meu avô recebeu a filha que ele quis casar e despachar à força como se tratava na altura um bezerro.



A minha tia Marta nunca mais viu os seus filhos que deixou na Bahia, mas teve mais duas filhas da sua segunda relação conjugal.

Passados alguns anos, o segundo marido de Marta passou a ser-lhe infiel. Todas as noites ele saia de casa e a Marta, ainda por cima, tinha que lhe deixar roupas arrumadas sobre a cama, perfume e comentar se ele estava bem arranjado ou não, para os encontros com a sua amante. Noutras vezes, ele ainda lhe pedia dinheiro…

Apesar de Marta ter sido sujeita a uma cirurgia ao coração, algum tempo depois, ele continuou sempre a fazer-lhe a vida negra, desrespeitando-a sem quaisquer escrúpulos.

A Marta, mesmo na sua recuperação, trabalhava para ajudar no sustento da casa, mas, a partir de um certo ponto, não resistiu mais e decidiu deixar o marido para morar com uma das suas filhas, fruto desta sua segunda relação, que tinha acabado de se casar. A minha tia acabou por falecer alguns anos depois.



A TRAGÉDIA DE MARÍLIA

Durante os longos anos em que a minha tia Marta esteve longe, a vida da sua família continuou enquanto os meus avós tentavam casar, o quanto antes, duas filhas mais velhas que ainda viviam com eles, uma vez que as outras duas ainda eram muito crianças. Nessa altura, a mais nova tinha apenas acabado de nascer e estava só com uma semana de idade.



A Marília, de 5 anos, linda e fofinha como se fosse uma boneca, pedia constantemente para ver a irmãzinha bebé, mas os pais não permitiam porque achavam que ela era ainda muito nova para estar perto da bebé. Porém, Marília, numa certa noite, resolveu ir espreitar a sua irmãzinha, às escondidas dos pais, mas como naquele tempo não havia electricidade na fazenda, a minha tia Marília, com os seus cinco aninhos, levou consigo um candeeiro de chaminé de vidro com querosene.



Então, ao chegar junto da sua irmã bebé, para a ver melhor, inclinou-se e, sem querer, deixou cair o candeeiro em cima da bebé, que pegou fogo em grandes labaredas. Devido à enorme extensão das queimaduras, o bebé acabou por morrer poucas horas depois nos braços da irmã que viria a ser mais tarde a minha mãe adoptiva.



O meu avô ficou completamente louco e, enraivecido, espancou brutalmente a sua filha de 5 anos, agarrando-a por apenas um braço e estatelando-a diversas vezes seguidas contra a parede da casa.

Os meus tios mais velhos, que nunca desafiavam o seu pai, tiveram de interferir rapidamente e agarrá-lo para que ele não matasse a Marília.



Marília era tão inocente quanto o bebé que havia sucumbido naquele acidente, pois apenas queria ir ver a sua querida irmãzinha. Todavia, Frederico amaldiçoou para sempre a sua pequenina filha dizendo aos gritos que ela iria morrer cheia de feridas pelo corpo todo como se fossem queimaduras, e que iria sofrer noites e noites até morrer, para então pagar a morte que ela provocou naquele bebé indefeso.

O meu avô nunca mais falou com a Marília, e os anos foram avançando até que, quando ela completou 12 anos, a deu para se casar com um fazendeiro, chamado Joaquim, que por ali passara.



Marília viveu vários anos com Joaquim, de quem teve quatro filhos, mas como não o amava, acabou por se separar dele. Após alguns anos, ela encontrou o seu grande amor, chamado José, com quem se casou. Desse casamento nasceu o seu filho André, fruto desejado e gerado no seio de um grande e verdadeiro amor.



Ela descobriu a felicidade ao conhecer José, e que durou por muitos anos. Todavia, o destino veio silenciar Marília quando descobriram, já tarde demais, que ela tinha um cancro maligno que chegou para lhe tirar a vida. Foi um final de grande sofrimento para ela, pelo peso das dores horríveis e das feridas que lhe tomaram conta de todo o corpo. A minha tia sofreu como um cão, e a toda a minha família ficou revoltada pela praga que o meu avô lhe rogou. A minha tia era um ser humano excepcional, tolerante e dedicada a todos. Ela não merecia ter tido este fim.



Na manhã do dia em que ela morreu, por caso, telefonei-lhe e ela pediu-me muito para eu perdoar a minha mãe biológica, de quem ela se tinha tornado amiga por se ter compadecido com a sua situação.

Deixando no coração de todos a saudade, o carinho, a lembrança de alguém especial, de alguém que mesmo sozinha e distante do resto da família era feliz, alegre, divertida e amiga, guerreira, mulher que lutava pelos seus sonhos, amava o pai acima de tudo mesmo sem ele nunca ter querido falar com ela.

Apesar de ter visto a sua vida interrompida pela tragédia com a bebé, que lhe assolou o seu destino, e pelo ódio do seu pai, Marília teve ainda a oportunidade de encontrar a felicidade do amor que continua hoje a ser acarinhado e chorado pelo seu amado José.



Infelizmente, o destino teve de ser ainda mais cruel para o meu tio José, porque depois de terem passado três anos sobre a morte da sua amada, um enfarte de miocárdio levou para junto da Marília o seu filho André, interrompendo a sua vida com apenas 20 anos de idade.

Hoje, a vida do meu tio José é falar deles e sobre como eram felizes… Afogado nas suas dolorosas lembranças, continua a sua vida, a rir, a chorar e a dar-nos o seu amor!



A RECUPERAÇÃO DO MEU PAI ADOPTIVO

A minha mãe adoptiva, recebeu o convite do meu pai para casar com ele e ela aceitou. Depois do casamento tentaram ter filhos, durante cerca de 7 anos, mas sem sucesso.

O meu pai, passou por uma fase muito má e tornou-se alcoólico, desperdiçando dinheiro em bebidas e com os amigos. Todo o dinheiro que eles juntavam durante um mês inteiro, ele o gastava em bebidas, chegando frequentemente embriagado a casa.

Durante esse período a minha mãe foi muito paciente e o amor que tinham um pelo outro deu-lhe forças para suportar a situação.



Foi nessa altura que eu surgi na vida deles. Fui adoptada por eles e suas vidas mudaram. O meu pai recuperou o seu sentido de responsabilidade e se tornou num marido exemplar e um excelente pai.



Agarre as palavras e siga-me...

160 comentários:

Pena disse...

Linda Amiga:
Uma narração surpreendente das inconveniências da vida com um fim feliz.
Porque passou, doce amiga.
Desejo-lhe toda a afectividade do mundo em face do que passou.
Bem-Haja pela sua terna luta pela dignidade de todo o Ser Humano. A sua inequívoca dignidade.
A felicidade, o bem-estar e a harmonia sejam uma constante na sua vida, é o que, sinceramente, lhe desejo.
Alucinanate história de vida!

Beijinhos amigos de estima e respeito

pena

Sonhos e Devaneios disse...

Iana, seus relatos sempre são emocionantes, talvez o sejam assim porque expressam a vida ...
Digno de um grande livro.
Que a paz esteja em sua vida minha querida
beijos joao

Anónimo disse...

EU EM NOME DA NOSSA FAMÓLIA, A FAMÍLIA, que junto com seus pais te adotaram, e que aprendemos amar você muito antes de você entrar em nossas vidas, venho cá dizer o quanto te amamos e o quanto você é GUERREIRA!

Minha linda, nós aqui no Brazil, estamos torcendo por ti, e não vemos a hora de esta nossa história estar em um LIVRO, pois o mundo deve saber o quanto a nossa família é AMOR E O QUANTO VOCÊ É GUERREIRA!

Minha fofinha nunca esqueça que todos nós te AMAMOS MUITO!

Ainda falta tanto para você contar aqui, ainda falta a parte que você viveu na rua, comeu lixo etc...

Minha amada sobrinha, falta falar dos seus filhos, como você sofreu para tê-los e como morreu quando eles foram arrancados de ti! Falta dizer o quanto você lutou, pela vida para chegar até aqui..

TAMBÉM FALTA EU DIZER O QUANTO A NOSSA FAMÍLIA TEM ORGULHO EM TI. VOCÊ NÃO É DO NOSSO SANGUE, VOCÊ É MAIS QUE ISSO, É NOSSO RAIO DE SOL MAIS LINDO É NOSSO ANJO, NOSSA LUZ.. VOCÊ É AMOR, E DEPOIS DE TODO O MAL QUE MUITOS LHE FIZERAM VOCÊ CONTINUOU DE PÉ E MAIS AINDA ESTA LINDA E FORTE GRANDE GUERREIRA, LUTADORA, HUMILDE.. OBRIGADA POR FAZER O BEM SEMPRE A TODOS NÓS E AOS QUE MAIS TE FIZERAM SOFRER...

TE AMAMOS... SEU TIO EM NOME DE TODA A FAMÍLIA AMAMOS VOCÊ, VOCÊ É O NOSSO DIAMANTE MAIS PRECIOSO!

SUA FAMÍLIA SEMPRE

BEIJOS COM AMOR...
E.D.M.B.

Anónimo disse...

olá,

Sem dúvida que esta narrativa está cada vez melhor. Tenho lido desde o princípio mas ainda nunca tinha comentado por aqui.

Certamente que irá resultar daqui um grande livro pois a história transmite-nos uma força inigualável de querer viver.

Pelo que estou percebendo, ainda estamos no princípio e ainda muita coisa haverá por desvendar.

Pois então venha ela, essa história inebriante que nos faz agarrar cada letra, cada palavra...

Não nos deixes tanto tempo na expectativa e era bom que procurasses publicar com mais frequência, pois assim ficamos com crises de ansiedade crónica.

Muitos parabéns e continua a escrever assim...

Beijinhos

cõllybry disse...

Fiquei comovida com esta narrativa, dos tantos acontecimentos
Bem tristes e com muita crueldade, que ainda hoje se vê, que marca
Para sempre…

Grata minha querida pela amizade, e renovo que aqui estarei sempre
De mão estendida…

Pode deixar o link, assim outros poderão visitar este belo espaço

Doce meu beijo

Cadinho RoCo disse...

Experiência fortíssima. Emaranhado de acontecimentos a exigirem força e determinação a resultar em vigoroso crescimento.
Cadinho RoCo

C Valente disse...

Saudações amigas

Iana disse...

Pena grande amigo, você sempre esta em meu coração e sempre estará...

Obrigada por estar aqui seguindo minhas palavras...

Espero em breve muito breve deixar o Blog Vidas e concretizar meu objetivo... Publica-lo em um Livro!

Beijos e beijos amigo
Iana!!!

Iana disse...

Sonhos e Devaneios...

João obrigada por acreditar nesse meu sonho, de breve estar Vidas publicado... Uff! será tudo de bom...

Conto com você na publicação!
Sei que poderei sempre contar com você e todos amigos e amigas...

Beijos beijos cheios de carinhos e amizades sempre....
Sua presença aqui é uma maravilha sem fim... Obrigada amigo querido

Abraços ternos
Iana!!!

Bandys disse...

Iana querida.
Uma historia surpreendente.Te vejo como guerreira. Como fenix que resurge das cinzas...eu tambem ja passei muitas coisas amiga! Mas a minha fé não se abala. Voce é uma pessoa linda!!!

Compreendi que Viver é Ser Livre...
Que ter Amigos é necessário...Que lutar é manter-se Vivo...Que pra ser Feliz, basta querer...Aprendi que o tempo Cura...Que mágoa passa...Que decepção não mata...

Sei que as veze pode parecer só palavras...mas são palavras vinda da alma, rogando a Deus pela tua felicidade.
Voce merece ser feliz, voce vai ser feliz!
Parabéns pela garra de escrever essa historia...
Beijos ♥♥♥♥
Fique bem!

Iana disse...

Meu Deusssssss... Tio???

Ainda não estou acreditando que você apareceu?!?!
Uff!!!

Que felicidade, que alegria, que doçura...
Obrigada tio por acreditar em mim, e ter a certeza que com amor e união tudo é possível!

Tio querido, sinto tanto sua falta aqui bem pertinho de mim, pena estarmos tão longe, pois contigo aprendi muito e sei que aprenderei muito mais...

Obrigada pelo amor sincero que sempre teve por mim, é claro não somos do mesmo sangue mas de uma coisa eu tenho certeza, somos mais que uma família sim...

Eu sempre digo que Deus me deu vocês de presente no momento certo.. Agradeço todos os dias por isso, pois em vocês nada disso teria sentido...

Tio eu também amo você e todos, desdos mais novos ao mais velhos, e os amigos da família também pois deles sempre veio o apoio igual!

Tio sei que para você também não foi fácil ler sobre suas irmãs e pais, mas foi a vida não é mesmo meu lindo?

Obrigada meu amado tio pelo sua presença juntinho comigo nesse blog que não é só meu e sim de vocês também...

E é claro que breve vamos estar juntos para publicarmos esse livro... é não só meu esse sonho e sim de vocês também! Tio mais uma vez obrigada por estar comigo sempre...

Beijos mil meu tio amado AMO MUITO VOCÊS... E SOMOS GUERREIROS JUNTOS!!!

Beijos, beijos e beijos...
Iana!!!

Iana disse...

Amigo anonimo...

Obrigada pela presença, e por me dar essa força mesmo sem eu saber de quem vem...

Breve sim Vidas estará em livro e quero dividir isso com você e todos...

Beijos e volte sempre preciso de você aqui do meu lado... não esqueça disso nunca!

Beijos doces
Iana!!!

Iana disse...

Collybry...

Amiga é tão bom contar com sua presença... Obrigada!

É claro que muita gente poderia saber mais sobre vidas, mas me ajude a divulgar mais esse espaço, onde tantas vidas se cruzam... conto com você amada!!!

Beijos minha linda continue aparecendo sempre que possa
Abraços linda
Iana!!!

Iana disse...

cadinho roco...

Que bela visita, que alegria poder receber mais uma vida aqui em Vidas...

Seja Benvindo amigo... sinta-se a vontade este espaço é seu também...
fico muito feliz em poder ver-te aqui juntinho de mim em Vidas...

Beijos meu querido e volta hein? conto com você sempre
Iana!!

Iana disse...

C Valente....

Amigo também tenho saudades tuas acabei de vir de lá do seu cantinho, e deixei um recadinho para ti com carinho de sempre...

Beijos e volta tá, conto cm vc

Iana!!!

Iana disse...

Amiga Bandys....

Minha doce e querida amiga, todos nós sofremos nessa vida não é mesmo? Bom mais somos fortes e pomos a vida pra andar sempre...

Amiga, desejo-te tudo de bom, pois vc tem uma alma linda e pura...

“Quando na vida uma porta se fecha para nós,
há sempre uma outra que se nos abre.
O mal é que, em geral,
olhamos com tanto pesar e ressentimento para a porta fechada,
que não nos apercebemos daquela que se abriu ao nosso lado.”


Beijos minha amada amiga de sempre, nunca esqueça vc mora em meu coração

Iana!!!

O Profeta disse...

Continuo a ler o fabuloso da tua narrativa...


Doce beijo

Lyra disse...

Iana, minha amiga.
Que desventuras emocionantes!
Não conseguirei parar de te ler!

Beijinhos e até breve.

;O)

Bandys disse...

Iana,
Continuo na torcida pro voce.
Mais que uma mão estendida, mais que um belo sorriso, mais do que a alegria de dividir, mais do que sonhar os mesmos sonhos ou doer as mesmas dores...
Muito mais do que o silêncio que fala ou da voz que cala para ouvir, é a amizade, o alimento que nos sacia a alma e nos é ofertado por alguém que crê em nós.

beijos ♥♥♥♥♥♥
Te desejo paz, amor e muita alegria

SAM disse...

Querida Iana

� muito triste. S�o todas hist�rias reais que envolveram e envolvem este emaranhado de sentimentos e situa�es complexas. N�o sei...Mas algo, alguma intui�o, n�o sei se certa ou falsa...Mas estou sim, em rela�o ao desfecho desta hist�ria triste e tr�gica quem passando por gera�es.

Enorme beijo, minha querida. Fica com Deus


Um fim de semana com paz.

Germano V. Xavier disse...

Iana, esse povo todo desregrado só poderia ajudar na construção de uma mulher forte e guerreira como você.

A gente é as nossas circusntãncias também...

Beijos e abraços de amor mesmo...

Germano
Aparece...

Sérgio Figueiredo disse...

Minha Querida Amiga,

Continua a tua narrativa de uma vida atribulada que apesar de tanta tristeza, não deixo de ler e acompanhar a evolução.
As tuas palavras são fluentes mas ricas no seu contexto e a narrativa torna-se viciante e aguardando...Que final?

Bom Fim-de-Semana

Beijo

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida amiga, narrativa deveras triste, mas Deus sempre está a teu lado.
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

C Valente disse...

Saudações amigas

cõllybry disse...

Vim desejar um bom resto de noite...

Terno meu beijo

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Iana, voltei a ler a tua narrativa...deveras triste!
Deus te acompanhe1
Boa semana e beijinhos de carinho,
Fernandinha

Bandys disse...

Iana,
Passei pra te dar um beijo.
Viver...é chegar onde tudo começa!
Amar... é ir onde nada termina! ♥
♥ Viva...Como se fosse cedo!
  Reflita...Como se fosse tarde! ♥
   ♥ Sinta o que você diz... Com carinho!
Diz o que você pensa... Com esperança! ♥
 ♥ Pense no que você faz...Com fé!
Faça o que você deve fazer... ♥
Fique bem, te adoro minha amiga!

Siala ap Maeve disse...

Iana, fico sempre arrepiada com a tua historia. Como a tua familia muito bem escreveu, tu és guerreira.
Um beijo enorme

Nilson Barcelli disse...

A história dos seus antepassados dava um filme.
E a sua excelente narrativa é como que um guião a pedir imagens.
Fico à espera da próxima parte.

Bfs, beijinhos.

O Profeta disse...

Porque sonhas com o outro lado
Enches o vazio da eterna espera
Amas quem não podes ter
Pintas de realidade a quimera


A liberdade do pensamento vive entre dois mundos…


Convido-te a conhece-la…


Bom fim de semana


Mágico beijo

António Inglês disse...

Iana

Encontrei hoje o tempo para poder vir conhecer a 4ª parte de sua história.
Quantas Martas não existem por essa vida fora minha amiga, quantas infelizmente.
A vida de sua família foi tremenda e vê-se que é mesmo uma guerreira.
Fiquei sensibilizado com as palavras de seu tio minha amiga.
Deus a quem promete não falta, e se lhe prometeu a si não lhe irá faltar seguramente.
Desejo-lhe uma boa semana
António

Multiolhares disse...

A vida pode ser muito dura, mas também existem laivos de amor
bj

António Inglês disse...

Venho desejar-lhe um bom domingo.
António

Olhos de mel disse...

Oie minha amiga! Desculpe minha longa ausência. Alguns problemas me fizeram afastar. Ainda tenho resistência em ir lá no blog, mas tenho tentado.
Que história, heim? Mas graças a Deus, passou e hoje pode encará-la e mais ainda, colocá-la pra seus amigos. Isso é bom! Sinal que já não lhe dói tanto...
Boa semana! Fique com Deus!
Beijos

O Profeta disse...

Na água tudo se perde
Lavas do rosto a desventura
Uma lágrima é simples gota
Perdida do mar da ternura


Boa semana


Doce beijo

Olhos de mel disse...

Olá lindinha! Passei para lhe ver e desejar um bom fim de semana!
Beijos

Germano V. Xavier disse...

Isso é o que é ter história pra contar, viu!

Muito bom, Iana.

Abraços sempre...

Germano
Aparece...

Olhos de mel disse...

Oie linda, passe pra lhe ver e desejar um bom domingo!
Beijos

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Iana, passei para ver se já tinhas publicado, mais alguma parte, Vidas Imterronpidas, assim deixo-te um abraço de enorme carinho,
Fernandinha

Maria Clarinda disse...

Tenho sentido a tua falta, onde andas amiga????
Jinhos mil

FM disse...

Dás grande peso à escrita. Parabéns.
Deixo-te Essências de Luz.

O Profeta disse...

Teus olhos são sóis adormecidos
Perdidos no profundo da noite
Luzeiros na procura da aurora
Que viajam sem rumo ou norte

Procuram a ironia do tempo
Os gritos que um rosto apregoa
Uma taça de ouro frio
O tempo que uma alma magoa


Boa semana


Doce beijo

elprincipito disse...

La muerte no es el final.

O Profeta disse...

Sou!? Serei apenas um desalinhado?
Pensador fugitivo ao agreste sonho
Uma pedra pensante no meio da ilha
Meio Homem, meio Arcanjo, um ser bisonho


Convido-te a navegares esta vaga de sentires


Mágico beijo

Olhos de mel disse...

Oie linda, ainda bem que em meio a tantos acontecimentos desagradáveis, coisas boas aconteceram e você está bem e feliz.
Fique com Deus! Boa semana! Beijos

Olhos de Mel disse...

Oie menina, cadê você? Some não, viu? Bom fim de semana! Beijos

Olhos de Mel disse...

Oie lindinha! Que Deus a abençoe, muita saúde, viu?
Beijos

C Valente disse...

Aqui existe tanta ausencia, vamos continuar, como a vida e o mundo sempre em movimento. Eu vou voltar para saber mais.
Saudações amigas

Leri disse...

Gostei muito do que li...parabéns pelo blog!

Bom fim de semana!

titofarpas disse...

Adorei o texto.
Parabésn e força

Olhos de Mel disse...

oie menina! Passando para saber de você e desejar um bom final de semana! Beijos

titofarpas disse...

Obrigado pela visita no meu cantinho...
Aguardo ansiosamente por ovo episódio...
Fui fazer uma visita no seu jardim e adorei... é um jardim deliciosa.
Claro que me pode linkar... vou andar sempre por aqui.
Muitos beijos

São disse...

Comovida pela narração e pelo testemunho tão sentido de seu tio, lhe deixo o meu abraço.

Gonçalo de Assis disse...

Oi kerida, claro k pode voltar sempre k kiser, ainda bem k gostou do meu blog, escrevo por paixao e pk adoro a escrita, pegue o meu link-me. Bj e bom fds

Carla disse...

ainda não consegui ler tudo, mas confesso que estou a adorar...vou continuar
bom fim de semana
beijos

Liz / Falando de tudo! disse...

Todo mundo me conheçe, eu nao gosto de post's grandes, mas o teu realmente nos prende e nos faz ler toda a historia da vida de seus parentes querido, tanto Marta, quanto Marilia, encantam e prendem a nossa atençao.
Beijos, bom final de semana,
Liz

Corações & Segredos disse...

Amiga, agradeço sua visita e seu carinho.
Beijinhos de RO!

Luis Eustáquio Soares disse...

e eis que a saga de uma família emerge da força da resistência e da insistência e da persistência, miscigenando fetos e afetos.
belo texto,
b
luis de la mancha.

FB disse...

Quem conhece a sua ignorância revela a mais profunda sapiência. Quem ignora a sua ignorância vive na mais profunda ilusão.

Natural Naturalmente disse...

Ola, sua escrita continua muito cativante. Um beijo
Márcia

Dona Sra. Urtigão disse...

Minha cara,
Só descobri seu blog hoje - os dois - e os li inteiros, comentários inclusive.
Gostei, e caso voce permita, voltarei. (uso voce, sem ser desrespeitoso, espero, por ser comum no Brasil e por ser eu muito mais velha do que voce)
Voce afirma em seu perfil que considera sinceridade essencial e eu tambem. Sou incapaz de adulações infundadas. Gostei de ver sua historia escrita, adoro saber do mundo e de pessoas.Mas algumas coisas me chamaram ateñção, especialmente.A sua narrativa é comovente, porem fixada nos dramas da vida, na dor e mesmo em tanto sofrimento correm pararlelos outras coisas que deveriam fazer parte da atenção.
As vidas, que voce considera interrompidas...só o que interrompe uma vida é a morte. No caso me parece mais expectativas mutiladas, do que voce desejaria. Vidas mutiladas, pois todos tiveram prolongamentos da vida após os grandes dramas, e com certeza epsodios de alegria.Talvez até felicidades.
A dor é parte integrante do processo da vida. Como enfrentamos, superamos é que faz de nós o que somos, o que nos tornamos.
Ao final da 1ª parte, voce conclui:"...abandono...não pelo destino,mas pelas mãos de uma mulher..." Ora, esta mulher estava sendo tambem vitima de seu destino e instrumento de outros. E eu não diria destino, mas carma que é aquela condição que escolhemos para nascer e que irá aprimorar nosso espirito, nosso ser. O destino é imutável, o carma nós transformamos com nossas escolhas e atitudes.
As lágrimas, devemos transformá-las em bens para nós e o proximo. Tenho muito ainda que gostaria de lhe dizer, mas isto ficou por demais longo. Pode excluir este comentario, que não me ofende,já que não segue a linha dos outros, mas se é para exorcizar o passado, temos que refletir sobre ele e não aceita-lo nos deformando.
Um grande abraço e lembre-se somos aquilo que queremos ser.Atraimos para nós as formas de como pensamos.

C Valente disse...

Bom regresso, saude e felicidades
Por cá vou passando
Saudações amigas

Luis Eustáquio Soares disse...

e saga continua nas entrelinhas entretecendo-se em cada n(ovo) ato nascente do viver
b
luis de la mancha.

Hospicio Politico disse...

Alegrou meu dia. Parabéns...!

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Fiquei encantada com seu blog, seu texto me deixou sem fôlego! Nossa mas você sabe contar histórias.Vou virar leitora fiel.Um grande abraço

C Valente disse...

Estou á espera de mais
Saudações amigas

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Dei uma passadinhaUm abraço

Gonçalo de Assis disse...

É quando nunca estamos cansados para ouvir;
É quando existe um carinho todo especial;
É quando ficamos preocupados com coisas que achamos que estão erradas;
É quando o amigo se faz presente até nas horas em que achamos que não são precisas;
É quando existe cumplicidade;
É quando temos plena confiança;
É quando tentamos abrir os olhos do amigo
Quando julgamos que esteja fazendo coisa errada não abandonamos.
Enfim, amizade é um bem muito precioso que precisamos conservar sempre, mesmo com todas as dificuldades que a amizade possa oferecer.
Amigos são pessoas muito importantes em nossas vidas, que temos que ter e saber sempre.

Lata Mágica Recife disse...

Turning to a great news. Our work with cans of photography was recognized among the 200 best sites / blogs brazil Publisher of April.

Published new images of Recife as a way of commemoration.
Thanks to everyone who always gave us support and encouragement to our work copyright, because shooting with a can in this day and age is well documented that the eyes and lenses can see.

Willam & Odilene
Can Magic Recife

Mari Lima disse...

Amei o blog é encantador, mas vc não dara mais continuidade ???
Pq não escreveu mais ???

C Valente disse...

Votos para que esteja tudo bem,fiquei muito satisfeito acom a sua vinda, espero mais crónicas
Saudações amigas com um beijo

Colibri disse...

Chegou o momento...
Chegou a hora de parar de parar...

Chegou o momento de retomar e acabar...

Chegou o momento de transformar o sonho em realidade...

Chegou o momento...

Beijos mil
Teu colibri

Lord of Erewhon disse...

Belos relatos, gostei de ambos, mas o primeiro me impressionou. Um dos grandes medidores da qualidade das sociedades pode sempre ser encontrado na tirania sobre as mulheres.

António Inglês disse...

Ao fim deste tempo todo voltei minha amiga.
Li esta quarta parte da sua história e algo me diz que não acaba aqui.
Vida difícil a sua.
Desejo-lhe uma óptima semana
Um abraço
António

ANA DINIZ disse...

Querida Iana,

estou incluindo com prazer, e imensa admiração, o seu link "Vidas Interrompidas" em minha seção de "Poetas Afins", lá no blogue.

Quanto mais vidas tiverem contato com esta magnífica narrativa de vida, melhor.


Beijos de luz.

DIEM LUX

Ana

Cadinho RoCo disse...

Na vida podemos tudo se tivermos fé para superar a mais dura das adversidades.
Cadinho RoCo

Nogs disse...

A forma como teces de palavras estes acontecimentos é sublime. Vou continuar a ler a narrativa...

Beijo

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Você é uma grande escritora.Nossa!
Adorei ter vindo aqui,ser convidada por você.
beijos.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Vim para desejar um bom final de semana. beijos

C Valente disse...

Bom domingo com saudações amigas

Jorge P.G disse...

LANA:

MAGNÍFICA A FORMA COMO RELATA ESTAS HISTÓRIASS DURAS DE VIDA!

O QUE AS NOVELAS BRASILEIRAS DE ÉPOCA CONTAM NÃO É FICÇÃO, NÃO! POR ISSO GOSTO DELAS!, de um modo geral!

TEM UM LINDO BLOGUE, CUIDADO E COM BOM TRATAMENTO DA LÍNGUA, O QUE É EXTREMAMENTE IMPORTANTE.

UM ABRAÇO DO SINEIRO E PARABÉNS.
Jorge P.G. - Lisboa

Vitor Lopes disse...

muito intenso

Viviana disse...

Olá iana,

Hoje venho só para deixar o meu abraço e desejar-lhe uma boa quinta-feira.

Fiquei encantada por o que aqui encontrei.

virei com mais tempo para poder seguir toda esta história interessantíssima qu nos está aqui a contar.
Fique bem, fique com Deus
Viviana

Marco disse...

Iana, cheguei aqui de mansinho, e comecei a ler lá de baixo. E quando me deparei, já havia lido todos os posts, todas as quatro partes de uma história que te prende do início ao fim. E pela tua coragem em contá-la e resolver buscar essas lembranças a te guiar na busca do teu passado. Emocionante suas palavras, seu conto, sua história. Aguardo ansioso o próximo post e vou te linkar no meu blog, se me permites. Grande beijo e estarei sempre por aqui.

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Amiga, desejo a você uma boa semana.
beijos.
Se tiveres tempo apareça.

Emanuel Azevedo disse...

Olá muitos parabéns pelo deu blog.
Você tem lindos textos lindas fotos. Sou do Arquipélago dos Açores, vivo na Ilha Terceira. Cheguei ao teu blog por acaso... mas gostei muito. Os meus parabéns. Receba também um forte abraço.

Bill Stein Husenbar disse...

Mágica narração.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

ANA DINIZ disse...

Está vendo, querida?

O tanto q vc é importante? Viu a mudança que provocou na vida de seu pai?

O Amor move montanhas.

Os laços do espírito são os únicos que, depois de estabelecidos, nunca mais se rompem.

Minha irmã.

Estou aqui.

Ana

António Inglês disse...

Uma boa semana
António

TODO NOSSO disse...

IANA QUERIDA
ME EMOCIONEI COM VC,COM SUA HIST´ROIA E COM SUA INTELIGENCIA
TEMOS ALGO EM COMUM, CONHECEMOS NOSSAS RAÍZES, DO LADO DE MEU PAI, TENHO MISTURA COM INDIOS TB, PORTUGUES, ITALIANO,POLONES E INDIO DA BAHIA

DA MINHA MAE, É PORTUGES MESMO, COM MISTURA CO ITALIANO,ESPANHOL, MAS DAÍ DE PORTUGAL
MEUS BISAVOS ERAM DE PORTGUAL, E VIERAM COM OS PARENTES PARA O BRASIL,SE ESPALHANDO, EM ALAGOAS,SANTA CATARINA,RGDSUL,RIO DE JANEIRO,PR,E AMAZONAS,SE ESPALHARAM,

MAS ME COMOVI COM TANTO SOFRIMENTO,
EM SABER,Q SOMOS TAO EGOISTAS EM ACHARMOS Q SÓ NÓS SOFREMOS,ESSA HISTÓRIA DE CORONELISMO,TBFAZ PARTE DE MINHA FAMILIA, MUITOS ABSURDOS MEUS BISAVOS E TIOS FAZIAM TB, SE TE CONTASSE...
ESTUDO SERVIÇO SOCIAL,ME FORMO ANO Q VEM, COMO ASSIST.SOCIAL,ESTUDAMOS
MUITOS SOBRE POLITICAS E PODER,SOBRE COMPORTAMENTOS, E CADA VEZ
FICA MAIS DIFICIL SABER, EM Q FASE O HOMEM, ESTÁ, PQ SE VC OLHAR PRA TRAS E HJ O DIA A DIA, PERCEBEREMOS Q EVOLUIMOS EM MUITA COISA, MAS O HOMEM, OU MUITOS HOMENS , AINDA SE COMPORTAM SELVAGEMENTE, SEMPRE TEM TRAGÉDIAS,UMA PENA...A EVOLUÇÃO DA ALMA É ALGO MUITO COMPLICADO E POUCOS CONSEGUEM...
DESEJO A VC, MUITA PAZ, AMOR, SORTE,QERO LER SEU LIVRO, TENHO PRIMOS PORTUGUESES, FICO MUITO FELIZ QDO VEJO ALGUEM Q MORA AÍ,ME VISITAR!!
NAO ESQUEÇA DE MIM!!!
BJAO E SEJA FELIZ!!!VOU ADD VC,COM PRAZER!

Everson Russo disse...

Parabens pelo blog, historias que nos prendem do inicio ao fim, adorei, tenha uma otima tarde de paz...beijos

Marco disse...

Agora que a gente se embreenhou na sua história, você parou? Estou ansioso para saber os próximos capítulos...

beijo

Marco

NOVO MUNDO disse...

seus textos são lindo bela escrita e grandes fotos, parabéns.

c valente disse...

Passei e deixo saudações amigas

o campo dos girassois disse...

Alguém disse certa feita que a vida uma sucessão de tragédias, que termina com a maior de todas. Mas para mim a tragedia dá um tom de nobreza quando se consegue carregá-la com desdém e sem lamentos. Gostei muito das tuas narrativas.

O Profeta disse...

Este Mar que beija a Ilha
Traz de longe sonhos perdidos
Adormece na areia e deixa
Na espuma mil e um segredos

Meus sonhos são estrelas que semeio no espaço
São corpo nu que vagueia pela saudade
Brotam e correm para o Mar
Enfrentam a dor a tempestade


Boa semana


Mágico beijo

N.W.O.O. disse...

muito bom post!

Bill Stein Husenbar disse...

Amiga Iana,

Que bom é voltar a lê-la, maravilhoso. Espero voltar a ler as divinas criações mais vezes.

Nesta época natalicia, desejo um Feliz Natal recheado de momentos bons e e inesqueciveis na companhia dos que mais ama. Que a alegria e a esperança s espalhe e se concretizem no coração de cada um de nós.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com/

António Inglês disse...

Passei para lhe desejar um Santo e Feliz Natal e que 2009 seja bem melhor que 2008 que não deixa saudades de espécie alguma.

Um abraço

António Inglês

manzas disse...

"A cada dia de nossa vida, aprendemos com nossos erros ou nossas vitórias, o importante é saber que todos os dias vivemos algo novo. Que o novo ano que se inicia, possamos viver intensamente cada momento com muita paz e esperança, pois a vida é uma dádiva e cada instante é uma bênção de Deus".

" UM FELIZ ANO DE 2009 "

Lata Mágica Recife disse...

Que seus sonhos sejam realizados,
Bons momentos são chegados,
As coisas ruins... Serão parte do passado,
E o coração sempre acelerado,
Para que nada dê errado.

Vêm chegando 2009,
Época de celebrações, momentos bons,
Reunião em família, paz e amor.
Que em 2009 seja repleto de realizações

Um forte abraço dos amigos da Lata Mágica Recife

Odilene & Willam.

Dina disse...

Gostei do modo que escreves!
Espero poder ler teu livro todo na íntegra!
Lindo seu blog!
Beijos!
E um feliz 2009!
Cheio de paz e luz!

Bill Stein Husenbar disse...

Feliz ano novo.

Feliz 2009!

Que os sonhos se concretizem.

http://desabafos-solitarios.blogspot.com

Inspirações disse...

Feliz ano novo! Que seus sonhos sejam uma realidade em 2009. Que, acima de tudo, você alcance paz, compreensão, amizade e amor.

Saiba que você tem um novo amigo que estará acompanhando o seu blog. Não deixe de acompanhar o meu também... (inspiracoesmatinais.blogspot.com)

manzas disse...

“Reencarnação”

Foi em tempos… há muito tempo
Um tempo longínquo que já não sei…
Recordadas no momento de um pensamento
Pergaminhos da memória que furtei

http://pensamanzas.blogspot.com/

Uma boa semana com um abraço amigo…

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Nem sempre a vida é como nos queremos!
Mesmo triste sua narração foi perfeita
O AMOR
Amo o amor que se reparte
em beijos, leito e pão.
Amor que pode ser eterno
mas pode ser fugaz.
Amor que se quer liberar
para seguir amando.
Amor divinizado que vem vindo
Amor divinizado que se vai.

Pablo Neruda

Passei para desejar-lhe um final de semana cheio de amor e prosperidade.
Abraços

C Valente disse...

Bom regresso com saúde
Votos de bom ano e muita felicidade
Saudações amigas

~PakKaramu~ disse...

Visiting you

rosa dourada/ondina azul disse...

Por aqui passei,
e fiquei presa à tua narrativa...

Que vida passaste,

assim como aqueles que te são queridos...

Beijo com amizade,

manzas disse...

Olá bom dia!

Passei para agradecer o belo comentário e pela visita ao meu blogue…
É sempre bom estar aqui e ler o que escreve…
Um resto de uma boa semana, inundada de paz.

Há dias…
Em que acordamos chuvosos
Ensopados em saudades choradas
Sentimentais, românticos
Emotivos, fantasiosos…
Amarrados em manhãs geladas

O eterno abraço…

manzas disse...

Lá fora chove o calado momento
Que repassa na alma, ansiedades…
Saltam inquietas chamas de dentro
Do meu peito, alagadas saudades

Um fim-de-semana ensopado
De paz e harmonia…
De coração ornamentado
De muita alegria

O eterno abraço…

-Manzas-

Carla Silva e Cunha disse...

gostei muito
boa noite
beijinhos
Carla

Paulo Tamburro disse...

Líndissimo texto.

Nostágia pura. Saudades e sentimentos, hoje difíceis de serem assumidos.

Obrigado pela visita ao Blog HUMOR EM TEXTO E FOTOFALDA, e espero que nunca mais vá embora.

FIQUE COM DEUS!!!!

Paulo Tamburro disse...

Desculpe o esquecimento: Serei seu seguidor.

© efeneto disse...

Foi preciso escolher a porta
para chegar ao largo
e me fascinar com as cores
que a luz da memória registou
Eu já antes sabia sem saber:
a brevidade e a distância
só existem no vento que criei
nos desígnios da dor
e dos limites que me impus
na obstinação da finitude do tempo
No que tantas vezes vivi
só agora contemplo a ilusão.
Termino com uma frase de Jesus Cristo:
"Àqueles a quem perdoardes os pecados lhes são perdoados;
e àqueles a quem os retiverdes lhes são retidos."
Páscoa Feliz.

Mustafa Şenalp disse...

Çok güzel site. :)

Jorge P.G disse...

Bom Domingo de Festa!

Abusar da alegria, não da alimentação!

Um abraço.

Angela Guedes disse...

Bom regresso, linda!!!
Estou impressionada com sua história.
Te desejo tudo de bom.
Até logo, logo.
Bejinhos, amiga.
Angela

Sandokan disse...

Ainda hoje somos homens e mulheres de passagens;
somos filhos da Páscoa.
Os mares existem;
os cativeiros também.
As ameaças são inúmeras.
Mas haverá sempre uma esperança para nos dominar;
um sentido oculto que não nos deixa parar;
uma terra prometida que nos motiva dizer:
Eu não vou desistir!
E assim seguimos.
Juntos.
Mesmo que não estejamos na mira dos olhos.
O importante é saber,
que em algum lugar deste grande mar de ameaças,
de alguma forma estamos em travessia.

Valdemir Reis disse...

Olá Iana estou passando neste maravilhoso espaço, que beleza de trabalho, confesso que estou encantado, "A FUGA DA MINHA TIA MARTA". Que coisa! Cada vez melhor! Muito bom estar aqui, quero convidar você para uma homenagem, com todo brilho e requinte, passa lá em; http://www.valdemireis.blogspot.com ou em; http://www.valdemircantinhopaz.blogspot.com, vamos brindar juntos, temos postado um texto especial desenvolvido para você, quero na oportunidade entregar seu merecido “ PRÊMIO” , você conquistou, sim leve o seu e seja generoso distribuindo com seus os amigos. Vamos estender a festa... Hoje a festa é sua, venha já! Estou esperando você. Por isso considero a vida uma oportunidade impar. Cada pessoa que passa em nossa vida não passa sozinha, por ser única, deixa um pedaço de si e leva um pedaço de nós. Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Muito Obrigadoooooooo... Por sua simpatia e amizade!!! Também quero desejar uma feliz e abençoada semana para toda família. Muitas bênçãos e brilho, sucesso, prosperidade, proteção e paz. Fique com Deus.
Volte sempre!
Valdemir Reis

gaivota disse...

que história, iana! a vida era assim, ainda hoje acontecem coisas de ferir a alma...
bom fim de semana
beijinhos

Valdemir Reis disse...

Olá Iana que maravilhoso é visitar este espaço! Parabéns pelo excelente trabalho aqui desenvolvido. Excelente sua publicação, ótima narrrativa e uma longa história,parabéns. Feliz e honrado por sua amizade. Acredito; aquele que caminha sozinho pode até chegar mais rápido... Porém quem segue acompanhado de um amigo com certeza vai mais longe... Espero sua visita! Encontrar-nos-emos sempre por aqui. Votos de uma semana recheada de sucesso, muita paz, saúde, brilho, bênçãos, proteção e alegria. Fique com Deus. Um abraço fraterno.
Valdemir Reis

Vieira Calado disse...

Passei para ler.

Já estava muito atrasado.

Beijinhosss

Persida Silva disse...

Iana, minha amiga, espero que por agora estejas bem, desejo-te tudo de bom, agradeço-te pela tua visitinha espero que logo que estejas de melhor possas vir me visitar de vezes enquanto. Envio-te a direção de um outro blog que tenho htttp://unidosnoamor.blogspot.com espero ver-te aí e como sei que amas a Deus vem, e seja também seguidora desse blog agradecida de amtemão. Envio-te beijos no coração. Tua amiga Persida

Carla disse...

escreves muito bem...é sempre um prazer passar por aqui para te ler

dizer-te também do meu livro...In-finitos sentires que vão ser desenhados em papel. O lançamento é no próximo dia 27 de Junho, às 16 horas na Biblioteca de Valongo (Porto)
beijo

Luis F disse...

Amiga

Uma palavra apenas...

Maravilhoso

Assim mergulhei eu neste teu blog

Com amizade
Luis

lili disse...

fascinada pelo que li...

aguardo o livro...

Se precisar de ajuda e eu puder ajudar...estou aqui...

beijos

Profº. Eric Frantto disse...

Inspirador!

Whispers disse...

Entrei....li....ate parece um filme,uma historia de vitimas...

Mas gostei,e por isso mesmo nao sai sem dizer algo

beijos

Whispers

Faça a Diferença !!! disse...

Bela narração,


fiquei pasmo olha daria um filme ou livro legal.

dado disse...

Ola, todos os dias tenho o habito de visitar outros sites de deixar meu comentário, pois sei o quanto é gratificante receber um. E tamben sei que é um incentivo para continuar com esta arte de colocar o que se pensa nele. Pra mim quem cria e quem escreve em um blog ou num site são verdadeiros artistas. Deixo o endereço do meu site que tambem é dedicado a estes artistas que fazem e escrevem seus blogs. aguardo seu comentário e fico a disposição para lhe ajudar.Deixe seu comentário, pois é muito importante pra mim tambem.Tambem coloco meu msn a sua disposição . E se voce gostou da radio que toca no meu site, terei maior prazer em colocar no seu. msn- dadolosmanos@hotmail.com ... www.dado.pag.zip.net Abraços Dado

Naty e Carlos disse...

Lindo demais Parabens
bjs

Vieira Calado disse...

Passei para dar uma olhadela neste seu blog
e deixar cumprimentos

Anónimo disse...

"Vidas Interrompidas"
Outras "vidas interrompidas" se cruzam com a tua própria vida...
Mas tua não foi nem está interrompida..
Tu estás "aí" ... "aqui"... e tens poder de decisão sobre a tua própria vida, Deus nos dotou de livre arbítrio para que o usássemos da melhor forma, em nosso favor e em favor dos outros que nos rodeiam...
Desde a 1ª parte desta tua "história de vidas", até agora, nota-se uma melhoria significativa na narração, no modo de escrita e até no "sentimento" que colocas nas palavras.
Infelizmente esse "sentimento" continua a não ser o mais salutar...
Continuo a notar a "revolta" que existe dentro de ti, diria mesmo um pouco de ódio.
Sim, é verdade o ser humano é capaz de atitudes abomináveis, mas lembra-te que todos somos pecadores e imperfeitos, todos erramos aqui e ali, e, lembra-te que não cabe a nós fazer "julgamentos" mas sim a Deus, pois ele é o único que pode ler o que vai no coração de cada um.
Como podes saber se no ultimo momento de vida destas pessoas que fizeram tanto mal a outras não houve arrependimento?
E depois quem somos nós para não perdoar?
Deus que é o todo poderoso do universo, ele perdoa os nossos pecados, ele até entregou seu filho unigênito em favor de nossa vida e do perdão dos nossos pecados, portanto quem somos nós para não perdoarmos?
Depois, minha querida, odio gera odio, revolta gera revolta, angustia gera angustia...
Porquê? ... para quê?...
Esses sentimentos vão continuar a causar-te dor, sofrimento e tristeza...
Para quê minha linda? para quê?
Faz a vontade à tua tia Marilia, e, perdoa a tua mãe biológica... vais ver que te vais sentir muito melhor contigo própria e com os outros...
Tu, como cristã sabes quem está por detrás da maldade deste mundo em que vivemos... ao nutrires esses sentimentos vais alegrá-lo, pois estás a dar-lhe "vitória" ... não é isso que queres pois não? alimentar o ego de satanás o diabo?
Mostra que ele é mentiroso, tendo uma atitude e um coração misericordioso para quem pecou contra ti...
Vais ver que dessa forma te sentirás mais livre...mais feliz...
"Vidas interrompidas" ... não estarás tu própria a interromper a tua porquanto continuares "presa" a esses sentimentos em vez de te "libertares" para viveres em pleno a tua vida?
Sim, eu sei, tens muitas "feridas" por sarar, a vida não tem sido fácil... mas decididamente continuará não sendo fácil enquanto não as sarares... enquanto não deixares de olhar para trás com toda essa mágoa...
Mas poderá ser mais "leve" se olhares as pessoas com outros olhos, se as perdoares e tentar entender...
Estende as mãos enquanto é tempo, abre os braços ao teu redor, "abraça" as pessoas enquanto o podes fazer, para que amanhã não sintas tu "culpa" por actos não realizados...
És um ser humano amoroso e cheio de força e vida ... espalha esse amor e essa força... talvez o teu amor consiga mudar corações e vidas de outras pessoas ... dessas pessoas que te fizeram mal...
Pensa nisso!!!
Pensa em viver com o coração pleno de amor para com o próximo, mas principalmente para CONTIGO própria.
Espero, sinceramente, na próxima publicação, "sentir" outros "sentimentos" vindos de ti...

Fica com Deus

O homem e a mente disse...

É incrível estas histórias. Realmente cada vida um livro, existem pequenas concepções que podem mudar uma vida inteira.

Ao ler fez-me lembrar como gosto de livros escritos na primeira pessoa. História triste hein.

Persida Silva disse...

Agradecida minha amiga Iana, você me faz assim tão grande elogio, acha que mereço tudo isso, se você o diz, talvez encontrou algo em mim, defacto sou muito franca e leal com as pessoas, uns gostam e outros não gostam mas; o importante é que os que são bons sabem sempre apreciar o que é bom, assim são as coisas da vida. Te envio um endereço aonde podes ver meu perfil completo ele se encontra aqui, vai-me visitar aí está bem : http://pt.netlog.com/silvapersida
fico à tua espera, e vem ajuntar-te aqui. Tua amiga sempre.
Beijinhos com amizade
Persida

Anónimo disse...

Tal como tudo na vida os objectivos e as prioridades mudam...
Os projectos alteram-se ou dão lugar a outros...
Melhores ou piores tanto faz...
São mudanças...mudanças de vida...de pensamentos ... de sentimentos ... de interesses ... de pontos de vista...
Mudanças ... estamos sempre em mudança...
Mas há propósitos enraizados no nosso coração... esses dificilmente os conseguimos mudar ou "arrancar"...
Novas histórias, novas paragens, novos horizontes... mas aquele continua lá...porque faz parte de nós ... porque é "eu"....
E... estas "vidas interrompidas"... és tu...nos encontros e desencontros com "outras" vidas ... mas és tu!!!
Não esqueças isso!!!
Espero voltar a ver-te aqui!!!

Ana Carvalho disse...

A vida.. cada cultura é uma vida linda.
cabe a nós preservarmos isso

http://laislabonitta.blogspot.com/

lua prateada disse...

Saudades...á quanto tempo amiga!...
FELIZ PÁSCOA!...
Olá...............passei para te convidar para minha festa!passa lá e te diverte...Obrigada pela presença...Beijo de prata

SOL

Olavo disse...

Neste dia de Páscoa, gostaria de desejar a você muita paz e harmonia.

Que você tenha um reencontro consigo mesmo

e que as portas que Ele já abriu conduzam realmente a um caminho de muita luz,

renovação e libertação.



"Ninguém tem maior amor do que aquele que dá sua vida pelos que ama" (Jo 15, 13)

- disse Jesus.

E Ele assim fez.

VANUZA PANTALEÃO disse...

Te conhecendo agora, já gostando, já seguindo...tantos amigos aqui.
Beijos e afeto!!!

Juan Francisco disse...

Hola Iana, tengo que venir más despacio, porque tu entrada es muy extensa y tengo que pasarla al traductoe de Google para poder leerla. Volveré sin prisas. Te dejo un abrazo muy grande.

renato disse...

Olá, querida Iana!

Quanta saudade!

Você nos deixou um relato pleno de emoção e de introspecção! Força continua!

Um beijo,

Renato

José disse...

Olá Lana.
Ontem fiquei encantado com os teus comentários no meu blog,hoje chego aqui ao blog de Vidas interrompidas e vejo esta história emocionante
com alguma dificuldade consegui chegar ao fim deste post, mas tive que parar três vezes.
Fiquei com uma enorme admiração por ti.
Voltarei mais vezes para ir lendo aos poucos.
Obrigada por partilhares estas histórias connosco.

bem hajas
um abraço enorme
José

AFRICA EM POESIA disse...

Agarrei as palavras e segui-te...

Adorei passar por aqui.
Senti a partilha no meu coração...
Um beijooooooooo

Hana disse...

Oie amor meu, to aki, confesso que um pouco sem tempo, mas corri te dar um beijo assim que deu, meu abração de urso, e com certeza amanha venho terminar de te ler ok.
com carinho
Hana

DÉYA... disse...

estou a te seguir aq tambm... muito forte tudo aq... vou ler tudinho com muito cuidado e atenção... pois sei de uma historia bem parecida... teremos tempo a conversar.. bjo.

Veronica disse...

Iana só agora foi que percebi
Que posso comentar aqui se acredita?? rs
adorei!!! Lindo fim de semana bjs.

O Profeta disse...

...Quem sou
Nunca me encontrei na letra de uma canção
Nunca toquei duas notas seguidas em harmonia
Mas perdi-me às vezes na ilusão

Reencontrei-me com o amor
Amargura mora sempre com a razão
Um mágico nem sempre acerta
No seu golpe de mão

Mas fiz mil tentativas nesta viola
Nenhuma nota bateu-me certa
Sou um triste e patético tocador
Desta...Melodia Incompleta...

Doce beijo

Francisco disse...

Adorei a visita e suas palavras no meu blog.
Estou seguindo e voltarei mais vezes, pois com certeza lerei muita coisa boa por aqui.
Beijos!

neli araujo disse...

Iana, minha linda!

Vim agradecer tua visita tão querida!

Li toda a tua história desde o começo, e fiquei impressionada ao ver como a vida dá voltas...

Gostaria de saber como a amiga acabou indo morar em Portugal...sabe, Deus me deu a oportunidade de ter dois filhos do coração e um biológico...e já não sei mais como seria minha vida sem a presença deles em meu coração!

Que Deus te abençôe Iana, e a tua família do coração que te recebeu e que te amou!

beijo carinhoso,

Neli

Folhetim Cultural disse...

Olá parabéns pelo trabalho e pelo blog. Gostaria que visitasse meu blog que é este: informativofolhetimcultural.blogspot.com
nos siga abraços
Ass: Magno Oliveira

Jacarée disse...

Espero e desejo q o seu Natal seja todos os dias...recheado de tudo de bom. Q o Ano Novo traga Paz, Saúde, Alegria...Luz, Esperança e Harmonia.Com muitos projetos... emoções e magia.
Que vc nunca deixe de sonhar...encontre amor nos corações. E que todos os seus sonhos se tornem realidade.
Carregados de amor, esperança e felicidade.
FELIZ ANO!

Adrian LaRoque disse...

Eu tenho um poema novo,
que foi escrito antigamente.
Não é um poema velho,
mas é um poema presente.
Gostas de o ler?
Este poema de povo.
Que em simples palavras
te desejam...
Um Feliz Ano Novo!

Mgomes - Santa Cruz disse...

Iana: lindo os teus textos apesar de serem por vezes um pouco triste, mas a vida é feita de alegrias e tristezas adorei o teu espaço.
Beijos
Santa Cruz

Jacarée disse...

É bom saber q a tristeza já se foi...
E volta para nos presentear c lindas hist. Q o ano lhe traga muitas alegrias...
Bejs doces na n'alma.

A.S. disse...

Vidas e destinos que se cruzam entre a noite e o dia, com amargura e com a incapacidade de contrariar a rudeza dos caminhos que percorremos, surpreendidos pela fragilidade e incerteza da vida!


Beijos, querida!
AL

Hermínia Nadais disse...

Muito chocante esta história! E muito bem contada!
Um livro maravilhoso em muito poucas páginas. Parabéns

O Profeta disse...

O tempo corre em sua em sua invisível viagem
Um Santo nunca dorme no altar
Um barco sobe e desce cada onda do Mar
Um cais de partida também acolhe o chegar

São tantos os mistérios que encontrei na vida
Cruzei com gente desconhecida que conhecia bem
Falei e falo com gente que partiu desta vida
Sinto tanto aroma perdido que este tempo guarda e tem

Mágico beijo

armalu,blogspot.com disse...

Ficção ou real , não sei. Mas sei que esta lindo e muito bem escrito. Parabéns.